quarta-feira, 25 de março de 2009

Se isso não é amor, o que mais pode ser?

"Essa não é mais uma carta de amor
São pensamentos soltos traduzidos em palavras
Pra que você possa entender
O que eu também não entendo "


Nós somos seres que gosta de dar nome para tudo, coisas, objetos, expressões e sentimentos. Não podemos ver nada sem NOME que queremos arrumar um, as vezes até mudamos aquilo que tem NOME para outro nome. E o NOME hoje é AMOR... Nossa! Que palavra bonita, quem a inventou? Quando a falamos parece até que sai flores junto, tem uma TERNURA embutida na palavra, mesmo quando saí da boca de quem sofre. A gente não sabe o que é o AMOR, não tem apenas uma definição, tem várias, também não tem apenas uma forma de amar, tem várias. As vezes sabemos amar, outras não, às vezes aprendemos e às vezes ensinamos. O AMOR é real? Não o vejo, mas o SINTO...acho que isso faz dele Real, as vezes mais real do que o que vejo. A ternura é por causa do nome? Na verdade, a sensação agradável da palavra não está na palavra, mas no seu significado, o que ela significa faz com que a gente se sinta bem. Portanto AMOR deve ser uma coisa boa, mesmo quando parece ruim.

"Amar não é ter que ter sempre certeza
É aceitar que ninguém é perfeito pra ninguém
É poder ser você mesmo e não precisar fingir
É tentar esquecer e não conseguir fugir, fugir "

Quando se AMA alguém, não se precisa ter sempre certeza sobre tudo, a gente entende que a outra pessoa não é perfeita....nem nós somos, mas o que vai nos manter juntos é a disposição, e a disposição só é possivel se houver esse sentimento, se não DESGASTA. É você ser você mesmo e se sentir bem assim e sentir que te amam por ser assim ou mesmo sendo assim. Já tentou fugir? Esquecer alguém que se ama? Pois é...não dá ! Quanto mais a gente tenta correr pra longe, mais perto a gente fica, é não conseguir fugir, tem um laço invisivel que te prende alí, é alí que você quer ficar, naqueles braços, naquele colo, olhando aqueles olhos e aquele sorriso.

"Já pensei em te largar
Já olhei tantas vezes pro lado
Mas quando penso em alguém é por você que fecho os olhos
Sei que nunca fui perfeito mas com você eu posso ser
Até eu mesmo que você vai entender "


Se você está amando e fechar os olhos agora, que imagem vai aparecer? A da pessoa não é? É assim mesmo quando a gente nutre um sentimento por outro alguém, mesmo quando você não quer mais, é o rosto da tal pessoa que aparece na sua mente, é o primeiro pensamento quando você abre os olhos e o ultimo antes de você fechar para dormir, por mais que a gente olhe pro lado, para outras pessoas, não adianta é por aquela que você fecha os olhos, é aquela que faz o seu coração fazer uma festa e essa pessoa se torna insubstituivel.

"Agora o que vamos fazer, eu também não sei
Afinal, será que amar é mesmo tudo?
Se isso não é amor, o que mais pode ser?
Estou aprendendo também"


O amor parece muito GRANDE para ser explicado, muito complexo, você só sabe se sente ou não, e as vezes não sabe. O que é amor pra mim, pode não ser amor pra você. Pra mim, é algo simples mais muito rico, é forte mas ao mesmo tempo controlável, não se controla o DEIXAR DE AMAR ou COMEÇAR A AMAR, pode se controlar as suas atitudes em relação ao que sente, o amor é pé no chão sabe, é sábio, prudente, é querer o bem de outro alguém, tanto ao ponto de querer fazê-lo o mais feliz do mundo inteiro, mas é também se afastar quando percebe que essa vontade de FAZER FELIZ não faz com que a pessoa seja feliz, não adianta, não basta apenas um AMOR, ele tem que ser reciproco para dar certo. E a gente tem que entender, que nem sempre é assim, nem sempre dá para ser assim, ninguém é obrigado a gostar de ninguém, é difícil, mas faz parte da vida. Amor é aquela vontade louca de dar um abraço bem apertado, é aquela SAUDADE, aquela falta, é as lembranças dos momentos mais adoráveis com a pessoa, é fechar os olhos e enxergar a pessoa, e ficar feliz, sorrir do nada, é esperar aquela ligação, é ligar, é ir correndo pra vê-lo... é abrir mão de algumas chatices, frescuras, manias bobas, só para vê-lo sorrindo, é carinho, é respeito, é consideração. É tanta coisa gente, nem dá pra ficar aqui escrevendo. Eu amo, é verdade, não é correspondido, e ninguém precisa ficar triste por causa disso... faz parte da vida, a gente aprende com ela, a gente vai aprendendo com o amor. Amar é tudo? Não sei... Vale a pena? Para mim vale. Um dia tudo se acerta de algum jeito.

"Faço uma prece pra você"...

Desejo que a pessoa que eu amo seja muito feliz com quem quer que seja... Mas que seja alguém que possa fazer por ele o que eu sempre quis fazer... Vê-lo bem, fazê-lo feliz , que ele realize seus sonhos... e tantas outras coisas que peço que é melhor ficar comigo.


Estou aprendendo a controlar o que eu sinto, tentando fazer dele algo bom, e não algo que me tortura. Mas é uma tarefa difícil.

MEw isso aqui já virou um DESABAFO...não era essa a intenção.
Mas enfim... acho que todos conhecem os trechos entre aspas, é do Jota Quest... música: O que também eu não entendo. Será que um dia vamos entender? Será que foi feito para ser entendido?

é isso!

3 comentários:

Viviane Moraes disse...

É názitaa AMOR simplesmente inesplicavel..
"Você faz muita falta, não sei explicar. Meu coração me diz que não, eu não consigo viver sem você"(rosa de saron)...

te gosto..kisses

Nathi disse...

Nossa Ná,Parece que alguém aqui está mais madura do que nunca, parabéns por suas experiências e principalmente por suas conclusões!!

"Acho que nunca entederemos, então, vamos vive-lo!!

AnimeSatsu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.